5 Dicas para um casal feliz com filhos com necessidades especiais

Queridos pais e mães Mais q’ Especiais,

hoje escrevo-vos sobre como é importante para os vossos filhos que as suas necessidades especiais e os desafios que trazem com eles, não vos deixem esquecer-se um do outro, da vossa história como casal e do futuro que projetaram juntos.

Qualquer filho traz mudanças nos casais e o vosso não será diferente nisso! Trará sim outras preocupações, outras angústias mas também outros ensinamentos e momentos únicos. Mostrar-vos-á como poderão aprender a saborear ainda melhor os vossos dias e as conquistas, a serem mais pacientes e como é possível amar acima de todas as coisas…!

Será fácil esquecerem-se um do outro entre a correria do dia-a-dia, entre as birras e os comportamentos disruptivos ou desajustados, o cansaço, a revolta, as terapias, as noites mal dormidas, os pensamentos carregados de preocupações ou até mesmo na dificuldade em ver a luz no fundo do túnel. No entanto, lembrem-se que juntos, por amor ao vosso casamento e à vossa família, é possível não se deixarem esquecer um do outro, não se esquecerem de cuidar de vós como casal, de se amarem.

Dicas para um casal feliz com filhos Mais q’ Especiais

Deixo aqui 5 dicas para vós, sendo que a principal é DIALOGAR sempre e em todos os momentos! Assim, leiam-nas juntos e dêem o primeiro passo ao FALAR de coração aberto sobre cada uma destas dicas e sobre o vosso compromisso um com o outro:

  • Confiem em familiares ou babysitters para cuidarem algumas horas dos vossos filhos e aproveitem esse tempo para descontrairem num jantar, numa ida ao cinema, num simples passeio de mão dada;
  • Lembrem-se que nenhum de vós é perfeito. Saibam rir um do outro juntos e procurem complementarem-se entre aquilo que melhor sabem fazer e o que têm mais receio ou dificuldade em fazer – são uma equipa;
  • Valorizem-se um ao outro diariamente. Ás vezes um simples “o jantar estava ótimo” ou “adoro o teu perfume” pode transformar um dia cinzento num dia mais colorido;
  • Não tentem fazer tudo sozinhos. Aceitem a ajuda um do outro nas tarefas, mesmo que as coisas não saiam exatamente como queriam. O importante é estarem e fazerem as coisas juntos, não quem faz melhor!
  • Não se sintam culpados de sentir que querem apanhar um avião e fugir para a Tailândia. Haverão sempre dias assim e é normal! Desabafem isso mesmo um com o outro, seja confidentes e cúmplices um do outro!

Lembrem-se que, para além de pais, são pessoas que estão juntas porque o amor um dia vos uniu pelas alegrias, pelos sonhos, pelos defeitos e pelas qualidades um do outro. E para conseguirem dar o vosso melhor enquanto casal aos vossos filhos, têm de dar o vosso melhor um ao outro.  <3

Blog Mais q’ Especial 

 

 

 

About the author

Psicomotricista, apaixonada por conhecer e partilhar. Autora do blog 'Mais q'Especial'.

Leave a Reply

Beatriz Pereira

Psicomotricista, apaixonada por conhecer e partilhar. Autora do blog ‘Mais q’Especial’.

Subscreve a minha newsletter!

Segue-me no facebook!

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar